Arrifana

praia costeira
ver mapa maior

Coordenadas

Latitude: 37° 17' 39.91" N ( 37.29442 )
Longitude: 8° 51' 57.64" W ( -8.86601 )

Morada

Rua Capitão Salgueiro Maia, 8670-005 Aljezur

Mapa da praia

ver o mapa da praia

Município

Aljezur

Código da praia

PTCX3C

Região hidrográfica

RH8 – Ribeiras do Algarve

Nome da bacia hidrográfica

Ribeiras do Algarve

Breve descrição

Localizada no concelho algarvio de Aljezur, insere-se numa zona de elevada importância ecológica, e rara beleza natural integrando-se no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e Sítio Natura 2000 PTCON0012 “Costa Sudoeste” e IBA (Important Bird Área) “Costa Sudoeste” PT031.
A praia estende-se por um areal com mais de meio quilómetro de extensão, formando uma baía menos batida pela rebentação das ondas, geralmente forte na zona. No topo Sul, marca presença uma rocha vertical no mar, uma estátua natural, denominada “Pedra da Agulha”.
No topo das abruptas falésias que envolvem a praia desfruta-se de uma das mais belas panorâmicas da Costa Vicentina encontrando-se habitats prioritários, como formações de Cistus palhinhae em charneca marítima, espécie de flora com estatuto de ameaça vulnerável e endemismo ibérico.
Uma das espécies mais comuns nesta costa de arribas marítimas é a Cegonha-branca (Ciconia ciconia). Normalmente, nidificam em árvores, prédios velhos, ou postes de electricidade mas – em situação única no mundo – é aqui que encontrarmos os seus ninhos num aparente equilíbrio instável, mas seguros e firmes, sobre as arribas marítimas ou em rochedos junto à costa – os palheirões.
É zona de passagem para aves planadoras e passeriformes migradores que se deslocam anualmente entre as zonas de invernada em África e de nidificação na Europa. Entre tantas outras, destaca-se o pisco-de-peito-azul (Luscinia svecica), o papa-moscas-preto (Ficedula hypoleuca) e o papa-amoras-comum (Sylvia communis), podendo-se também encontrar aves marinhas e costeiras, em trânsito migratório como o alcatraz (Sula bassana) e a andorinha-do-mar (Sterna hirundo) ou aves de rapina como a águia-calçada (Hieraaetus pennatu).
As falésias e arribas marítimas constituem também zona de nidificação para diversas espécies de avifauna, como o Guincho ou a águia pesqueira (Pandion haliectus), ou o falcão-peregrino (Falco peregrinus), e outras residentes como o peneireiro comum (Falco tinnunculus) e o peneireiro-das-torres ou francelho (Falco naumanni).
A praia constitui uma Zona Balnear designada, apresentando de forma sistemática, de acordo com os programas de monitorização que se realizam durante a época balnear, uma boa qualidade da água balnear e das areias. Desde há largos anos, mantém assim o cumprimento dos parâmetros exigidos para atribuição do galardão da Bandeira Azul.
Para além do uso balnear, a praia da Arrifana é procurada ao longo de todo o ano pelos surfistas e praticantes de Bodyboard.

X