Lapa dos Dinheiros

praia interior
ver mapa maior

Coordenadas

Latitude: 40° 23' 7.18" N ( 40.385328 )
Longitude: 7° 41' 49.19" W ( -7.696998 )

Morada
Mapa da praia

ver o mapa da praia

Município

Seia

Código da praia

PTCL7N

Região hidrográfica

RH4 – Rios Vouga, Mondego, Lis e Ribeiras do Oeste

Nome da bacia hidrográfica

Vouga, Mondego, Lis e Ribeiras do Oeste

Breve descrição

A praia fluvial de Lapa dos Dinheiros, localizada na Ponte da Caniça, está enquadrada numa paisagem de montanha dominada pelo souto da Lapa e imponentes afloramentos graníticos. A ribeira da Caniça, um afluente da margem direita do rio Alva, é aí represada para criar um espelho de água que permite os banhos.
O relevo acidentado do vale faz com que a ribeira forme uma sucessão de pequenas cascatas que associadas à inacessibilidade das encostas permitem o desenvolvimento de uma vegetação ribeirinha densa e diversificada de onde sobressaem relíquias de períodos mais amenos e húmidos, como o feto-real, o azevinho e o azereiro.
O souto da Lapa, para além do conjunto valioso de castanheiros centenários, alberga uma biodiversidade elevada, da qual se destacam árvores de folha caduca, como o carvalho-roble, o freixo e o mostajeiro, e arbustos, como o folhado, a aveleira e a gilbardeira. Nas zonas mais ensombradas crescem plantas como a erva-das-feiticeiras, o lírio-martagão, o selo-de-Salomão, o hipericão-do-Gerês, diversos fetos e o zimbro-rasteiro, arbusto comum nas áreas mais elevadas da Estrela, mas muito raro a esta altitude.
A elevada pluviosidade nos meses mais frios e, na Primavera, o degelo da neve acumulada, conferem à ribeira da Caniça o regime torrencial. A lontra, o melro-d’água e, ainda, espécies mais raras como a toupeira-d’água e a salamandra-lusitânica que aqui ocorrem são características destes cursos de água.
Partindo da ponte, um caminho pedonal dá acesso ao buraco da Moura e a um miradouro sobre as quedas de água da Caniça. O buraco da Moura constitui um sistema cavernícola natural originado pelo deslizamento e acumulação de grandes blocos graníticos, que formaram um complexo sistema de salas e galerias.
Este enquadramento natural, permitiu a instalação de uma bela praia fluvial com infraestruturas de apoio à atividade balnear, nomeadamente:
a) bar
b) Instalações sanitárias e balneários
c) Parque de merendas
d) Área de solário
Durante a época balnear acresce um posto de vigia Tipo I.
(texto CISE)

X