A ABAE celebra o Dia Nacional do Mar

A Bandeira Azul celebrou o Dia Nacional do Mar na Escola Básica do Lumiar com a Exposição Os Suspeitos do Costume, os Bio-Puzzles, a Biodiversidade Marinha e Lacustre, o Jogo da Reciclagem e o Sabes o que comem os peixes?. A celebração do Dia Nacional do Mar teve origem na “Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar”, que entrou em vigor a 16 de Novembro de 1994. Portugal ratificou o documento em 1997.

Ao assinalar este dia, a Bandeira Azul pretendeu colocar o Mar nos centros de discussão e debate, para que se possa continuar a tirar proveito daquilo que os oceanos podem oferecer. Assim, é preciso desenvolver medidas que promovam a transformação necessária que permita à economia azul ganhar espaço e que integrem o Mar nas agendas políticas e sociais. Pretende-se consciencializar a população para o impacto destes problemas, mas sobretudo focar as soluções inteligentes e sustentáveis para o crescimento azul, optar por energias limpas e traçar metas comuns para chegar mais longe e a mais pessoas, não descurando as especificidades regionais. Neste processo, que passa sobretudo pela alteração de mentalidades, há que proteger, inovar, investir, praticar e investigar.

X