Bandeira Azul 2020

No dia do Mar e da Marinha Portuguesa, no Aquário Vasco da Gama, a Associação Bandeira Azul da Europa anuncia 360 praias, 18 Portos de Recreio/Marinas e 9 Embarcações Ecoturísticas galardoadas com Bandeira Azul pelo Júri Internacional em 2020, o que significa um aumento de 9 Bandeiras Azuis em relação a 2019. Assim, durante a próxima época balnear vão poder hastear uma Bandeira Azul mais 5 praias costeiras, 3 praias fluviais e 1 marina, ou seja, todas as regiões do país apresentaram praias novas. Estes resultados fazem com que Portugal, entre os 47 países que desenvolvem o Programa Bandeira Azul, se mantenha no primeiro lugar no que diz respeito à percentagem de praias galardoadas, face ao total de designadas do país.

As 360 praias estão distribuídas por 91 Municípios, continente e ilhas, com Santa Maria da Feira e Portel a participarem pela primeira vez e Santa Cruz da Graciosa a regressar ao programa. Os dois novos municípios comprovam a tendência de anos anteriores, de investimento e desenvolvimento destas praias e de aumento da qualidade das águas balneares interiores. Assim, Portugal continua a ser o país com mais praias fluviais galardoadas com Bandeira Azul, considerando os países da Foundation for Environmental Education (FEE) que desenvolvem o Programa Bandeira Azul.

Esta data e este local revestem-se de particular significado, uma vez que, os seus princípios estão intrinsecamente ligados ao trabalho desenvolvido no âmbito do Programa Bandeira Azul.

O Aquário Vasco da Gama, importante Museu Vivo de História Natural, inaugurado pelo Rei D. Carlos no dia 20 de Maio de 1898, cuja identidade está, naturalmente, ligada à vida e à obra científica deste monarca, sobretudo pela Coleção Oceanográfica, composta por material zoológico, por ele recolhido nas suas campanhas oceanográficas de 1896 e 1897. Mais de 120 anos depois, o Aquário Vasco da Gama, cujo espólio inclui moluscos, peixes marinhos, peixes de água doce, aves aquáticas, tartarugas e mamíferos marinhos, mantém-se, fundamentalmente, uma instituição didática, um centro de divulgação da Vida Aquática e de investigação de referência mundial.
O Dia do Mar, celebrado desde 2008, cujo propósito é sensibilizar para a importância dos mares e dos oceanos e colocar na ordem do dia o debate sobre as oportunidades e os desafios colocados pelos mares, oceanos, costas e portos e pelas indústrias que lhe estão associadas, desde a pesca ao turismo, para além da investigação científica e da economia.
Dia da Marinha Portuguesa, em homenagem ao grande feito de Vasco da Gama (c.1469-1524). Trata-se do dia em que a sua pioneira armada, que pela primeira vez na história ligou, por via marítima, a Europa ao Oriente, chegou a Calecute, na Índia, em 1498.

Num ano em que enfrentamos circunstâncias extraordinárias, em conjunto com a Coordenação Internacional e o Júri Nacional do programa, procurámos adaptar os critérios, pois estamos certos de que a Bandeira Azul tem um papel relevante durante esta crise, sobretudo no que diz respeito à informação e à sensibilização.

Sabemos que o turismo de sol e praia não será o mesmo, seja pelas precauções de segurança, seja devido à necessidade de reverter o processo de degradação de ecossistemas. Assim, além de repensar os usos da orla costeira, temos o dever de continuar o trabalho de Educação Ambiental para a sustentabilidade, com de mais de 30 anos, e que encontra nesta pandemia um enorme desafio no que respeita às zonas balneares, criando as condições para podermos continuar a disfrutar das nossas praias de uma forma segura e sustentada.
20 de Maio, Aquário Vasco da Gama Conferência de Imprensa Bandeira Azul 2020

Em 2020, estamos “De volta ao Mar, Com Atitude de Mudar”: mudar a forma como nos relacionamos com o Mar e com os outros; mudar a forma como usufruímos da praia; mudar a forma como nos comportamos social e ambientalmente.

Não são só os comportamentos na praia que têm de continuar a mudar e adaptar-se, o que fazemos em casa, na escola, no trabalho, na rua tem impacto e mesmo sem ir à praia podemos, e devemos, em cada dia e cada gesto, proteger o Mar. A este propósito, a Abae lança também hoje, a partir das escolas, uma iniciativa de sensibilização da comunidade em geral e de cada um em particular sob os lemas “O Mar Começa Aqui – O Mar Começa em Ti!”.

Ao longo de 30 anos a Bandeira Azul revelou-se um instrumento de mudança tendo contribuído de forma determinante para a alteração de comportamentos a nível individual e coletivo, de tal forma que as zonas balneares portuguesas se afirmaram como praias de excelência em termos de qualidade, gestão e serviços, segurança e educação ambiental dos seus utilizadores. Neste momento a Bandeira Azul propõe-se novamente dar o seu contributo para a mudança e adaptação que serão necessárias para que cada uma das nossas praias possa continuar a ser usada e a manter o seu estatuto de referência, atratividade e segurança. Esse desafio de mudança vai depender de cada um de nós, do respeito que temos de ter pelos outros, da atenção na forma como vamos á praia e como vamos estar na praia. É assim que iremos hastear e manter as 360 Bandeiras Azuis atribuídas em 2020.

As Cerimónias Oficias de Hastear da Primeira Bandeira Azul em Praia Costeira e em Marina vão decorrer dia 15 de Junho, na Praia Ancão, Município de Loulé e na Marina de Portimão. O Primeiro Hastear de Bandeira Azul em Praia Fluvial vai decorrer na Lapa dos Dinheiros, no Município de Seia. As datas são comunicadas com a maior brevidade possível.

Nesta conferência de imprensa, onde apresentamos as ações e as atividades a desenvolver com os parceiros do Programa Bandeira Azul, anunciamos também a nova parceria com a Hyundai.
Comunicamos, ainda, a continuação do “Programa Nacional de Vigilância Bandeira Azul”, desenvolvido no âmbito do Programa Praia Saudável apoiado pela Fundação Vodafone Portugal; da parceria com o Oceanário de Lisboa, através do folheto com o tema do ano e o mapa dos locais galardoados; da campanha “Transformar”, em parceria com o Lidl; da parceria com a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, através do projeto ClimAgir e com a Águas do Centro Litoral; da campanha Blue Flag Med Week, em conjunto com os países mediterrânicos com Bandeira Azul.
As atividades “Os Suspeitos do Costume” e “Praia Mais Limpa com” serão adaptadas para poderem voltar a ser retomadas o mais brevemente possível.

X