Primeiro Hastear Bandeira Azul 2020

A Praia do Ancão, em Loulé e a Marina de Portimão receberam hoje as Cerimónias Nacionais de Hastear de Primeira Bandeira Azul em Praia Costeira e em Marina.

A Coordenação Nacional e o Júri do Programa Bandeira Azul reconhecem, assim, o trabalho desenvolvido pelo Município de Loulé desde 1987, ano em que hasteou a primeira Bandeira Azul, e assinalam a sua evolução ao longo destes 33 anos. Em 2020, as 10 praias de Loulé são galardoadas com Bandeira Azul.

Em relação à Marina de Portimão, destacam-se os 20 anos consecutivos no Programa Bandeira Azul, sinal da excelência e de melhoria constante, uma vez que acompanham a exigência crescente do galardão e respondem aos desafios lançados a cada ano.

As Cerimónias contaram com a presença de todas as entidades envolvidas na gestão da zona balnear e da marina, nomeadamente os Municípios de Loulé e Portimão, Direção Geral de Autoridade Marítima, Agência Portuguesa do Ambiente/ ARH Alentejo ou Direção Geral de Saúde.

A ABAE comunicou também ter assumido a Hyundai Portugal como seu parceiro para a mobilidade, uma vez que ambas partilham idênticas preocupações e valores relacionados com a mobilidade sustentável.

Em 2020, estamos “De volta ao Mar, Com Atitude de Mudar”: mudar a forma como nos relacionamos com o Mar e com os outros; mudar a forma como usufruímos da praia; mudar a forma como nos comportamos social e ambientalmente.

Não são apenas os comportamentos na praia que têm de continuar a mudar e adaptar-se, o que fazemos em casa, na escola, no trabalho, na rua tem impacto e mesmo sem ir à praia podemos, e devemos, em cada dia e cada gesto, proteger o Mar. A este propósito, a ABAE lançou uma iniciativa de sensibilização da comunidade em geral, e de cada um em particular, sob os lemas “O Mar Começa Aqui – O Mar Começa em Ti!”.

Ao longo de 30 anos a Bandeira Azul revelou-se um instrumento de mudança tendo contribuído de forma determinante para a alteração de comportamentos a nível individual e coletivo, de tal forma que as zonas balneares portuguesas se afirmaram como praias de excelência em termos de qualidade, gestão e serviços, segurança e educação ambiental dos seus utilizadores. Neste momento a Bandeira Azul propõe-se novamente dar o seu contributo para a mudança e adaptação que serão necessárias para que cada uma das nossas praias e marinas possa continuar a ser usada e a manter o seu estatuto de referência, atratividade e segurança. Esse desafio de mudança vai depender de cada um de nós, do respeito que temos de ter pelos outros, da atenção na forma como vamos à praia e como vamos estar na praia. É assim que iremos hastear e manter as 360 Bandeiras Azuis atribuídas a praias e as 18 atribuídas a Marinas em 2020.

X